Experimente criar relações no seu bairro. Começe com um bom dia

Enquanto política não for uma atividade permanente e prioritária na vida das pessoas, as minorias continuarão a ser minoria, os oprimidos continuarão sendo empurrados para a periferia, o ódio continuará a ser regra e os direitos continuarão a parecer coisa para poucos.

Enquanto as pessoas continuarem a repetir que política não se discute, os impostos vão continuar aumentando, as vagas preferenciais continuarão a ser ocupadas por SUV’s e o SUS continuará coisa de pobre.

Ao invés de usar a televisão, a novela, o breaking bad e walking dead como fonte de recompensa diária pelo seu esforço em subsistir, pense em como o futuro, que nada mais é que o presente de amanhã(vc só escapa dele morto) pode ser melhor se você se envolver politicamente com sua região, com seu bairro.

Nós, seres humanos, globalizamos as relações. Deixamos der dar bom dia para o vizinho mas nunca deixamos de dar like no post matinal e engraçadinho do colega distante. A distancia nos empurra para superficialidades.
Escolhemos relações distantes por que são mais higiênicas. Quando o colega distante esta bem, falamos com ele e quando esta mal, nos distanciamos. Num sanitarismo aplicado as relações humanas, escolhemos não combater o problema do próximo.

Como resultado, desvalorizamos a realidade de uma relação comunitária onde você o vizinho, por te conhecer, respeitaria seu direito de dormir pensando “O brother do 52 acorda cedo… pega leve com o som da festa ai pessoal”. Ou ainda, conhecer o açouqueiro do bairro, o padeiro, o cara daquela banca na feira que você frequenta todo final de semana. A relação mais próxima traz saúde para o relacionamento, por que oferece tempo para construção do respeito, da empatia.
Sem empatia vamos continuar atropelando ciclistas na rua por que não são pessoas, são ciclistas. Vamos continuar atacando pessoas de sexualidade que não entendemos por que nunca vamos nos dar a chance de conversar e entender. Vamos nos deixar enganar achando que é esperto não devolver o troco errado para o caixa do supermercado.

Sem empatia somos animais desorganizados. Somos menos que formigas, ou melhor, somos todos formigas que não reconhecem seu próprio ferormonio, autoflagelando e infringindo dor ao próximo.

Experimente criar relações no seu bairro. Começe com um bom dia. Você vai notar os efeitos mais rápido que imagina.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s